Veja o lançamento de “O mundo é mais bonito pelo olho da poesia”

Autores e leitores do Jornalirismo estiveram juntos no dia 9 de abril, sábado, para juntos lançarem o livro “O mundo é mais bonito pelo olho da poesia” (Editora Jornalirismo, 551 páginas, 82 autores). O encontro foi no espaço compartilhado Mútua Coworking, em São Paulo.

Um dia de muitos abraços, sorrisos e até lágrimas de emoção. Uma turma muito empenhada e afinada trabalhando para um fim comum, um livro comemorativo da trajetória dos primeiros sete anos de vida do Jornalirismo.

E como ficou bonito, nosso livro, modéstia à parte. Um trabalho de mais de um ano, de idas e vindas, refações, revisões e alumbramentos.

Dever cumprido, darma cultivado.

Prestamos algumas homenagens também a quem foi decisivo na trajetória de tantos: o publicitário e jornalista Juvenal Azevedo, colunista de propaganda, autor de crônicas sempre divertidas e ousadas, com o brilho de sua inteligência; e o fotógrafo Marcelo Min, uma referência de ética e compromisso social, de amizade e solidariedade. Vocês estão conosco por onde formos, como guias. Muito obrigado.

No lançamento tivemos uma força-tarefa bem familiar muito inspirada, que respondeu pelos quitutes (foram tantos e tão gostosos, tem gente falando até agora do quibe preparado por Dona Nilva) e pelas boas-vindas. Obrigado por acolher a gente, de braços tão abertos.

A atriz Ayiosha Avellar, filha da autora Shellah Avellar, encenou para os presentes o monólogo “O espelho”, dramatização do conto homônimo de sua mãe, um dos textos que compõem o livro “O mundo é mais bonito pelo olho da poesia”.

Mãe e filha juntas (Shellah Avellar fez a luz da cena, uma pequena lanterna apontada para os olhos flamejantes a agateados da filha), na mesma sintonia, quem é que veio primeiro? A mãe ou a filha?

O poeta Germano Gonçalves também falou da sua vida na periferia, da sua gente, e pedia, poetizando com as mãos: “Ria, periferia! Periferia, ria! Ria, periferia!”. Há muito mais de poesia (e de riso) na periferia do que julga o vão preconceito. Parabéns, Germano, é dos poetas o reino e a quebrada dos céus.

Tudo muito ameno mas intenso. Tudo muito justo, embora ainda à luz do mundo injusto. Viver poeticamente é arriscar encontrar a verdade, porque ela existe.

Viver com poesia é querer beleza para todo mundo, é reconhecer que somos todos partes de um mesmo mundo, vasto mundo.

Ser poeta é amar desbragadamente, de braços abertos, de olhos bem abertos e também fechados, como na hora do beijo.

Poesia é compromisso.

Veja alguns momentos do dia:

livro jornalirismo 01

Recepção aconchegante para autores e leitores

livro jornalirismo 02

O livro publicado: trabalho de mais de um ano

livro jornalirismo 2

Uma das grandes virtudes foi mesmo persistir

livro jornalirismo 3

A autora Camilla Wootton Villela (ao centro) e a simpática família

livro jornalirismo 4

Keli Vasconcelos e Guilherme Fernandes: dupla de poetas; eles estão no livro

livro jornalirismo 5

Os autores Marivaldo Carvalho, Antônio Lemos Augusto e Lúcio Mattos: gente que veio de longe, Parada de Taipas, Cuiabá (MT) e Joinville (SC)

livro jornalirismo 6

Os escritores Sílvio Valentin Liorbano e Germano Gonçalves: mestres da vida, mestres da palavra

livro jornalirismo 7

A escritora Shellah Avellar e seus convidados, que vieram de Niterói (RJ)

livro jornalirismo 10a

Vagner Francini (centro), autor do projeto gráfico do livro, e seus convidados

livro jornalirismo 8

Thais Polimeni autografa; ela é mestre na arte da crônica

livro jornalirismo 9

O contista Leonardo Cássio e sua linda família

livro jornalirismo 11

Guilherme Fernandes, escritor: textos autobiográficos, fortes, bonitos

livro jornalirismo 12

Galera reunida: dia bom, dia de paz

 

Clique aqui e confira mais fotos do lançamento, em nossa página no Facebook. 

 

O livro está à venda também por aqui, por R$ 100,00 mais o frete: encomende o seu pelo e-mail [email protected].

 

Fotos: Divulgação Jornalirismo

2 comentários para “Veja o lançamento de “O mundo é mais bonito pelo olho da poesia””

  1. Ingrid Francini

    Ingrid Francini

    Uma tarde inesquecível! Muito amor envolvido. Parabéns, Guilherme e a todos os envolvidos!

  2. Germano Gonçalves Arrudas

    Germano Gonçalves Arrudas

    Gratificante este momento, parabéns a todos (as) envolvidos. Guilherme Azevedo agradeço por sempre acreditar em meus trabalhos literários valeu!

Comentário