Puro sangue

 

Por você

fiz escândalo na avenida.

Cortei os pulsos

e escrevi o seu nome

na fria calçada

com o meu sangue.

 

Um bicha aidético,

que passava,

me socorreu

e me consolou.

 

Fizemos sexo e uma transfusão.

Depois, cada um seguiu

pela vida,

ou melhor,

pela morte.

 

Comentário