Três pontos e uma costela

Gastura

Porque eram 5h de uma manhã gasta
engasgada desde os últimos goles
naufragando em um ventre sem milagre

e do mar que se desfez
agora regurgitava dentro
(gosma e carne triturados em um balde)

Porque carregava um rosário comprido
Por entre as pernas
E outro repousando ao pescoço

Porque era uma manhã gasta
gastou-se no banho

(poças de chuva fora
água e sangue
represadas no ralo)

E porque o crucifixo a gastava
Encontrou a redenção no rosário

Pendurado no teto
Preso ao seu pescoço.

 

Mar

Tem tanto mar
no meu cio

redemoinho e ondas
(pés na areia
pés pro céu
pés na areia…)

Mamilos rijos
água no corpo
gosto de sal

ressaca

e o balbucio do teu nome
na boca.

 

Plantão de notícias

Mulher é presa após jogar balde com fezes e urina em pessoas durante culto religioso

Mulher disse à polícia que era menosprezada na igreja por criar o filho sozinha
Disse que o líder religioso a chamava de pecadora
Que era tratada de maneira diferente por não ter marido
Que este tratamento trazia transtornos

(tosses e tragos de cachaça)

E que preparou o caldo como vingança

Os atingidos foram levados a um hospital da cidade
A mulher vai responder a um processo por crime de ultraje a culto religioso
E o pai de seu filho
(que não havia entrado na história)
Continuou fora da história

 

Créditos da imagem: videohive.net/

Comentário